Menu
* PREÇO DOS PRODUTOS:

Você está visualizando preços para: EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL Estado: SÃO PAULO - CLIQUE PARA ALTERAR

Guia Leitor de Código de Barras

Guia: Leitor de Código de Barras

Guia definitivo sobre leitores de código de barras. Tudo que você precisa saber em um só lugar.

Em dúvida sobre qual é o melhor leitor de códigos de barras para a sua empresa? Procurando entender as principais diferenças entre os leitores, modelos, tecnologias e opções para melhor atender sua necessidade? Qual modelo de leitor de código de barras comprar: Leitor CCD, Laser, Imager, 2D, QR Code, com fio, sem fio, com suporte ou sem suporte? Buscando saber como funciona um leitor de código de barras?

Fique tranquilo, nesta página você irá encontrar todas as respostas sobre leitores de códigos de barras e suas funções. Confira a tabela de conteúdo.


1. Como funciona o leitor de Código de Barras?

Os leitores de códigos de barras são dispositivos que, através de um laser, câmera ou sensor de luz, interpretam a informação contida em um código de barras e transmitem a informação para um computador, notebook, tablet ou celular via cabo ou conexão wireless (leitores sem fio). No computador, essa informação será recebida pelo software e interpretada para que seja possível reconhecer o código de barras que foi lido. Caso sua empresa não tenha um software, você poderá realizar a leitura e registrar os dados em um bloco de notas, no Excel ou outro software de sua preferência.

2. Principais Marcas e Fabricantes

As maiores fabricantes são Honeywell, Zebra e Datalogic, grandes marcas que oferecem uma variedade de leitores e outros produtos de automação comercial. Com a aquisição da Metrologic pela Honeywell em 2008, e da Symbol Motorola pela Zebra em 2014, as duas empresas se tornaram referência no mercado. Além delas, existem as marcas nacionais como a Bematech e a Elgin que também apresentam ótimos produtos nos seus catálogos. Falamos apenas das principais, mas há várias outras marcas disponíveis como: Argox, Nonus, Tanca, Multilaser, CipherLab, entre outras.

3. Como escolher o melhor leitor de Código de Barras?

O melhor leitor é aquele que atende a necessidade da sua empresa com o melhor custo-benefício.

Um leitor mais simples pode ser exatamente o que você precisa para a empresa. E o contrário também pode ser verdade, pois o melhor para a sua empresa pode ser um leitor mais robusto ou com tecnologia mais avançada. Nos dois casos, o leitor certo garante mais produtividade e uma receita maior no fim do mês, ao passo que o leitor "errado" pode significar prejuízos.

Para ajudar nessa escolha, separamos alguns pontos que precisam ser observados:

  • Tipo de Leitor: Qual tipo de leitor está buscando? Manual (pistola) com fio, com suporte (para leitura automática) ou sem suporte, fixo, semifixo ou sem fio.
  • Tipo de Código de Barras: Que tipo de código de barras precisa ler? Código linear 1D (EAN13), código de QR Code 2D ou boleto bancário.
  • Com Fio ou Sem Fio: O leitor terá um computador próximo para conexão com fio ou irá ter movimentação livre (sem fio)? Se precisar ser sem fio, qual a distância aproximada necessária entre o leitor e a base?
  • Frequência de Uso: Com que frequência o leitor será utilizado? Quantas leituras aproximadas por dia, por hora? A leitura precisa ser automática para manter as mãos livres ou poderá ser via acionamento do gatilho?
  • Vedação ou Leitor Robusto: Em que ambientes você irá utilizar o leitor? Serão ambientes agressivos com muito pó como indústrias ou com temperaturas extremas como câmaras frias? Será necessária algum tipo de vedação específica?

A tabela abaixo mostra modelos normalmente utilizados por área de atuação:

Modelos de Leitores por Área de Atuação
Área de Atuação Leitor Com Fio (Sem Suporte) Leitor Com Fio (Com Suporte) Leitor Sem Fio Leitor Semi Fixo Leitor Fixo
Ponto de Venda (PDV) NÃO SIM SIM SIM SIM
Armazenamento e Estoque NÃO NÃO SIM NÃO SIM
Supermercados SIM SIM SIM SIM SIM
Transporte e Logística SIM NÃO SIM NÃO SIM
Hospitais SIM SIM SIM NÃO NÃO
Farmácias NÃO SIM SIM SIM SIM
Posto de Gasolina NÃO SIM NÃO SIM NÃO
Fábricas e Indústrias SIM NÃO SIM NÃO SIM


Importante: O leitor não armazena os dados coletados. Caso você precise salvar os dados em memória e depois descarregar em um computador, você irá precisar de um coletor de dados. O uso de coletores é normalmente indicado para inventários, no setor logístico e em locais que não têm computadores próximos e os códigos precisam ser armazenados para depois serem transferidos via arquivo de texto (.txt).

4. Tipos de Leitores

Os leitores podem ser divididos pelo seu tipo e também pela tecnologia que utilizam. Os tipos de leitores que existem atualmente são: Leitor Manual (Pistola) Com Fio Sem Suporte, Leitor Manual (Pistola) Com Fio Com Suporte, Leitor Fixo, Leitor Semifixo, Leitor Sem Fio Com Base, Leitor Sem Fio Sem Base.

Leitor Manual (Pistola) Com Fio Sem Suporte

Os leitores manuais com fio e sem suporte são indicados para quando o operador não precisa se deslocar até os produtos, como em pontos de venda (PDV), balcões, área de conferência, saída de esteiras, entre outros. São ideais para quando o leitor pode ficar conectado a um computador e não precisa fazer leituras automáticas. No caso, os operadores leem os códigos pressionando o gatilho do dispositivo.

Leitor Manual (Pistola) Com Fio Com Suporte

Os suportes, também chamados de pedestais, que podem acompanhar os leitores, permitem leituras sem precisar pressionar o gatilho. Com a configuração correta, é possível utilizar o modo automático e deixar o leitor no suporte para que os operadores mantenham ambas as mãos livres. Com o suporte, o trabalho é feito com mais agilidade e ainda garante mais segurança e durabilidade aos leitores, evitando quedas e mau uso.

Leitor Fixo

Os leitores fixos têm este nome, pois ficam presos à alguma superfície. Permitem uma leitura rápida e as duas mãos livres para operadores realizarem suas tarefas com muita agilidade. São muito utilizados em supermercados e em grandes redes de atacado e varejo. Utilizam a tecnologia de leitura ominidirecional, na qual um jogo de espelhos faz com que o laser seja lançado em várias direções ao mesmo tempo, o que facilita a captura dos códigos e oferece cerca de 3000 leituras por segundo.

Leitor Semifixo

Os leitores semifixos também podem ser utilizados com as mãos livres e são equipados com espelhos para lançar o laser em várias direções (leitura ominidirecional). A diferença em comparação com o leitor fixo, é que eles não ficam presos a uma estrutura e é possível usá-los como um leitor móvel, retirando-os da base e fazendo a leitura onde for necessário, desde que respeite o comprimento do cabo. Por conta da versatilidade, são muito utilizados em postos de gasolina e em lojas de conveniência.

Leitor Sem Fio Com Base

Os leitores sem fio e com base são indicados para operadores que precisam se deslocar até os produtos para fazer leituras, como em estoques, setores de recebimento de mercadorias ou grandes centros de distribuição. O leitor é pareado com a base por conexão bluetooth e a base se comunica com o computador por uma porta USB. A informação coletada é passada ao computador em tempo real, desde que o leitor esteja dentro do raio de alcance da base. Além disso, a base também recarrega a bateria dos leitores.

Vale lembrar que os leitores sem fio não armazenam os dados coletados, eles transmitem na hora para o computador dentro do raio de alcance. Para armazenamento de dados, é necessário utilizar um coletor de dados.

A bateria garante várias horas sem precisar carregar. Alguns modelos possibilitam 72 horas de autonomia e permitem se afastar da base por até 100m. Existem também leitores resistentes indicados para indústria, produzidos para suportar quedas e ambientes extremos como fábricas e frigoríficos.

Leitor Sem Fio Sem Base

Os leitores sem fio e sem base não precisam de uma base conectada a um computador. Comunicam-se através de conexão bluetooth e podem ser pareados com celulares, tablets e notebooks. A recarga dos leitores pode ser feita pelo cabo usb ou por uma fonte ligada à tomada (o carregamento pela fonte é mais rápido). Este tipo de leitor é muito indicado para eventos, shows e exposições além de pequenos comércios como em lojas de roupas e calçados, livrarias, cafeterias, lanchonetes ou padarias.

Leitor Ultrarresistente

Estes leitores são a prova d’água, resistentes a quedas, com capacidade de leitura de até 15 metros (Long Range), enfrentam temperaturas muito baixas e muito altas, e alguns podem ficar até mesmo submersos. Ideais para casos em que sejam necessárias leituras em locais de difícil acesso e em ambientes mais agressivos, como: portos, frigoríficos, plataformas petrolíferas, chão de fábrica ou indústrias pesadas.

Leitor de Fenda (leitor de Código de Barras para Boleto Bancário)

São leitores utilizados para a leitura de boletos e existem dois tipos: o Leitor de Fenda Manual e o Leitor de Fenda Automático. Os leitores de fenda manuais dão um pouco mais de trabalho, pois é preciso passar o boleto com velocidade constante para que a leitura seja feita com precisão. Caso você precise para ler uma pequena quantidade de boletos e busque um preço menor, eles são uma boa pedida. Já os leitores automáticos, ou também chamados semiautomáticos, têm um dispositivo de tracionamento que puxa o boleto automaticamente pela fenda e com velocidade constante. Muito utilizado por bancos há alguns anos, são ideais para quem tem um fluxo maior de boletos.

Para a leitura de boletos é necessária a configuração FEBRABAN.
Antes de comprar verifique se o leitor que está interessado tem essa funcionalidade.

5. Tecnologia de Leitura

A escolha vai muito além do tipo de leitor que a sua empresa precisa. Também é necessário levar em conta qual é a tecnologia que ele utiliza. São muitos termos e podem parecer complicados como: CCD, Laser, Linear Imager, Area Imager, Omnidirecional, entre outros. Mas ao entender o que cada um faz, a escolha vai ser muito mais simples do que parece.

Leitor CCD

Os Leitores CCD foram os primeiros a serem lançados no mercado. Utilizam a luz ambiente para a leitura e, portanto, não são indicados para ambientes com pouca ou muita luz. Mais adequados para pequenas operações que não exigem tanta agilidade, como cadastros de produtos em escritórios, pequenos comércios e leitura de comandas em restaurantes.

Esses leitores são a alternativa mais barata do mercado e precisam ficar a uma pequena distância do produto para efetuar a leitura (é necessário quase encostar no código de barras). Por conta dessa distância, os leitores CCD não leem Danfe ou códigos de barras mais longos, pois o código é maior do que a área de leitura do dispositivo.

Pontos Fortes

  • Preço
  • Boa leitura de códigos em superfícies lineares
  • Boa leitura de códigos com impressão de boa qualidade
  • Modelos capazes de ler boletos bancários

Pontos Fracos

  • Precisa ficar muito próximo do código
  • Dificuldade para ler códigos com impressão ruim ou rasurados
  • Não lê códigos em superfícies não lineares
  • Não lê com baixa ou muita luminosidade

Leitor Laser

Os Leitores Laser do tipo pistola utilizam um feixe de luz em forma de linha, são indicados para operações que exigem maior agilidade e para ambientes com pouca ou muita luz. A leitura funciona até mesmo em superfícies não lineares e em impressões ruins, com rasuras, sob a incidência de luz solar e a maiores distâncias. Existem diversas situações em que um leitor laser pode ser aplicado, como em supermercados, lojas de conveniência, mercearias, restaurantes, estoques, grandes armazéns, entre muitos outros.

Pontos Fortes

  • Boa leitura mesmo em superfícies não lineares
  • Leitura de códigos com impressões ruins
  • Boa leitura com baixa e alta luminosidade
  • Leitura de códigos rasurados
  • Leituras a diferentes distâncias

Pontos Fracos

  • Leem apenas códigos 1D
  • Não fazem leitura em telas
  • Preço maior (em comparação ao CCD)

Leitor Laser Ominidirecional

Também temos no mercado os Leitores Omnidirecionais, que são os leitores laser fixos. Eles usam espelhos internos para refletir o laser em várias direções ao mesmo tempo, o que facilita e agiliza a leitura.

Pontos Fortes

  • Boa leitura mesmo em superfícies não lineares
  • Leitura de códigos com impressões ruins
  • Agilidade e ambas as mãos livres
  • Boa leitura com baixa e alta luminosidade
  • Leitura de códigos rasurados
  • Leituras a diferentes distâncias

Pontos Fracos

  • Leem apenas códigos 1D
  • Não fazem leitura em telas

Leitor Imager

A mais Nova tecnologia de Leitores de Código de Barras. Os leitores deste tipo utilizam uma câmera no lugar de feixes de luz, e por isso, são os únicos capazes de fazer a leitura de códigos QR Code 2D e em telas de celulares, computadores e tablets. Então, se o seu negócio precisa de leitura em telas, um leitor imager é um excelente investimento. Subdividem-se em duas categorias: linear imager e area imager.

Linear Imager

Os leitores que utilizam a tecnologia linear imager leem códigos 1D e alguns tipos de códigos 2D. Não são capazes de realizar a leitura de QR Code, mas leem códigos em telas. Outra característica que merece destaque do linear imager é que ele é mais robusto (em comparação com a maioria dos leitores laser).

Pontos Fortes

  • Leitura mesmo em ambientes com pouca luz
  • Leitura de códigos 1D mesmo em telas
  • Podem ler até 60cm de distância
  • São mais resistentes que a maioria dos leitores laser

Pontos Fracos

  • Em vários modelos, a câmera interna tem dificuldade de focar a distâncias maiores
  • A maior parte dos modelos não lê códigos 2D

Area Imager

O Leitor Area Imager é capaz de realizar tanto a leitura de todos os códigos 1D quanto a leitura de todos os códigos 2D (inclusive QR Code), além de captura de códigos em telas.

Em breve serão cada vez mais vistos em farmácias e setores ligados à saúde, pois os códigos 2D tornaram-se obrigatórios em medicamentos. Isto se deve a capacidade de armazenamento de informações em um único código. Características como validade, lote, identificação de transporte, entre outras podem ser obtidas com apenas um toque no gatilho do leitor. Também são estes os utilizados para fazer a leitura de códigos de NFCe, como o Nota Paraná, por exemplo.

Existem leitores fixos com a tecnologia Area Imager. Excelentes para grandes redes de varejo que trabalham com produtos com QR codes e precisam de agilidade para passar vários produtos.

Pontos Fortes

  • Leitura em telas de celular
  • Lê todos os códigos 2D
  • Lê códigos mesmo que rasurados ou mal impressos.
  • Processamento rápido de imagens
  • Muitas leituras por segundo

Ponto Fraco

  • Um pouco mais caro que os outros

6. Aplicativos para leitura de QR Code e Códigos 2D em celular

Vale lembrar que smartphones também são capazes de ler QR codes, porém, o desempenho fica muito abaixo de um leitor especificamente criado para este fim e não são indicados para grandes operações comerciais. Se você tem interesse em usar um smartphone para fazer as leituras de QR code da empresa, disponibilizamos aqui uma lista de 5 aplicativos que são capazes de fazer essa leitura:

Aplicativos para Leitura de QR Code e Códigos 2D
Barcode Scanner Google Play Apple Store
Norton Snap Google Play Apple Store
QR Code Reader Google Play Apple Store
QR Droid Google Play
TapMedia QR Reader Google Play

7. Tipos de conexão

O tipo de conexão que o leitor utiliza é extremamente importante de ser observado antes da compra. É isto que mostra como ele vai se comunicar com o computador e transmitir as leituras. Basicamente, são 3 tipos de conexão: USB, Serial RS232 e PS2.

USB

As entradas USB, que dispensam apresentação, servem como fonte de alimentação, oferecem transferência de dados mais veloz, principalmente na versão 3.0, e capacidade de uma única porta estar conectada a vários dispositivos através de um HUB, é a alternativa mais popular e simplificada de conexão entre o computador e os leitores.

Entrada USB

Serial RS232

Mesmo com todos os benefícios das entradas USB, muitos leitores utilizam as portas serial, pois dependendo da homologação do software, somente esta entrada irá funcionar com o sistema, o que acontece também com impressoras, balanças e outros equipamentos da automação comercial. Apenas para exemplificar sistemas que usam conexão serial, catracas de acesso e equipamentos industriais são equipados com este tipo de entrada.

Entrada Serial RS232

Importante: Se o seu leitor usa um cabo serial, mas tem o cabo usb disponível para comprar separadamente, o correto é não realizar esta troca antes de falar com o seu desenvolvedor de software. Pois, se não estiver homologado com o sistema, o leitor não irá funcionar.

PS2

Assim como muitos sistemas necessitam de uma entrada serial para funcionar, outros são configurados para utilizar a porta PS2, um tipo de comunicação criada pela IBM em 1987, que realiza transferência de dados e também serve como fonte de alimentação.

Como a maioria dos computadores vêm com apenas duas entradas deste tipo e elas são usadas para mouses e teclados, as fabricantes colocaram um adaptador (rabicho) que permite conectar o mouse, o teclado e o leitor de código de barras.

Entrada PS2

8. Tipos de Códigos de Barras

Já que estamos falando de leitores de códigos de barras, não poderíamos deixar de falar dos códigos de barras propriamente ditos, das suas funções e dos aspectos de cada um. Todos os códigos de barras usados no Brasil e muitos internacionais são homologados pela GS1, a Associação Brasileira de Automação. Esta associação garante que os códigos sejam únicos e padronizados.

Os códigos de barras são representações gráficas de uma sequência numérica e foram criados para aumentar a velocidade na verificação dos produtos. Usados em praticamente todas as atividades comerciais atualmente, identificam produtos de forma automática e auxiliam nos controles de entrada e saída dos produtos. Existem muitos tipos de códigos de barras diferentes, listamos alguns deles logo abaixo:

EAN/UPC

Usados principalmente em pontos de vendas, pois são mais simples e fáceis. Possuem de 12 a 13 dígitos.

QR Code

Armazenam até 7000 caracteres e podem trazer informações como: validade, fabricação, transporte, etc. São amplamente utilizados em farmácias para controle de medicamentos.

Febraban

Código usado para boletos bancários e, muitas vezes, precisam de um tipo específico de leitor ou adaptações.

Danfe

O código utilizado nos Documentos Auxiliares de Nota Fiscal Eletrônica (DANFE) são maiores que os comuns. Por isso, leitores que precisam de muita proximidade, como o CCD, não são capazes de realizar esta leitura.

Leitores para tela de celular

Para realizar a leitura em telas de celular, o leitor precisa utilizar, obrigatoriamente, a tecnologia Imager. Se os códigos que serão lidos forem 1D, o leitor pode ser um linear imager. Agora, se a leitura é de códigos 2D, como QR Codes, o leitor deve ser Area Imager.

9. Vedação – Tipos e casos de uso

Para encontrar um leitor para frigorífico, é preciso pensar que ele deve suportar grandes variações de temperaturas e deve ser resistente à água. Se a empresa trabalha com serragem, em ambientes com muita poeira ou outro tipo de resíduo muito pequeno e sólido, também é preciso um leitor que não estrague facilmente nestas condições. Ou seja, qualquer que seja a área de atuação, em ambientes extremos, considerar estas características é super importante.

Mas como saber que o leitor é resistente a poeira e a água?

Foi para responder à essa pergunta que a tabela de classificação IP foi criada. Ela é formada por dois números, o primeiro, mostra a vedação contra poeira e o segundo contra água. Quanto maior o número, maior é a proteção, simples assim!

Abaixo, a tabela para que você possa analisar qual a vedação ideal para o seu negócio e o leitor perfeito para as suas operações. A vedação sempre aparece nas fichas técnicas dos leitores e de seus acessórios.

Visualizar Tabela de Classificação IP Tabela de Classificação IP

10. Você já tem um leitor, e agora?

Os leitores podem ser combinados com uma série de Acessórios para melhorar a produtividade e dar aquela mãozinha extra para os operadores. Um cabo maior para garantir mais mobilidade, baterias extras para não ter o problema de parar as atividades no meio do expediente, suportes para garantir leituras mais rápidas, entre outros.

Baterias

As baterias são essenciais para o bom funcionamento dos leitores sem fio e oferecem autonomia de até 72 horas em alguns modelos. É possível, por exemplo, comprar baterias extras e garantir que os leitores não parem de funcionar no meio das operações.

Cabos

Os cabos são necessários para fazer a comunicação das leituras com o computador. Seja para uma base ligada ao computador, no caso de um leitor sem fio, ou de um leitor com fio conectado diretamente na máquina, muitas vezes é preciso um cabo maior para garantir mais distância e comodidade ao colaborador, ajudar na montagem do PDV e garantir um cabeamento seguro ou para reposição de um cabo com mau contato ou danificado, por essas razões, você encontra cabos vendidos separadamente aqui na Bz Tech. Vale lembrar, que a maioria dos modelos Serial RS232 não funcionam com cabo USB. É preciso consultar antes da compra se o seu leitor funciona com este tipo de cabo.

Fontes

As fontes são a alimentação dos leitores e suas bases. Realizam a carga muito mais rápido do que as entradas USB e são um bom investimento para quem precisa de agilidade e não pode parar o negócio.

Suportes e Pedestais

Os suportes são excelentes para organizar o PDV e também para auxiliar os operadores a terem as duas mãos livres e executarem o trabalho com mais agilidade e praticidade, ao usar os leitores de forma automática. Também evitam que os leitores sejam colocados em qualquer lugar ou que possam cair. É preciso lembrar que para trabalhar no modo automático, os leitores precisam ser configurados para isto.

Berços e Base

Chamados de berço por alguns fabricantes e base por outros, este acessório faz a comunicação e também alimenta os leitores sem fio. Apesar de existir a possibilidade dos leitores serem carregados pelo cabo USB, a carga é muito mais rápida por esses dispositivos. Além disso, são eles que fazem a comunicação via bluetooth com os leitores e passam para o computador as informações lidas.

11. Mas então, Qual o melhor Leitor de Código de Barras?

Se você leu até aqui ou preferiu pular os tópicos para chegar nesta conclusão, vai perceber que a resposta para esta pergunta é um grande: “depende”. São muitas variáveis envolvidas na escolha de um ou mais leitores de código de barras na sua empresa. A melhor dica é ver todos os benefícios, os prós e contras que falamos aqui e concluir qual melhor se encaixa com a sua empresa ou atividade comercial. E caso ainda tenha sobrado alguma dúvida, você sempre pode entrar em contato com um dos nossos consultores. Teremos prazer em ajudar.


* Visualizando preços para EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL - SÃO PAULO. Alterar

Meu Carrinho
0
Aguarde...
Loading
Icone GeoTrust