Menu
* PREÇO DOS PRODUTOS:

Você está visualizando preços para: EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL Estado: SÃO PAULO - CLIQUE PARA ALTERAR

Guia Coletor de Dados

Guia: Coletor de Dados

Os Coletores de Dados, também chamados de computadores portáteis, foram criados para aumentar ainda mais a produção dos usuários, para facilitar tarefas, controlar o estoque, entre muitas outras funções. Neste guia vamos falar desde os coletores mais simples até os que tem a tecnologia mais avançada de coleta de dados. Fique à vontade para pular os tópicos e ir direto ao de seu interesse. Use a tabela de conteúdo para facilitar a busca e tenha uma boa leitura.

1. Perguntas Guia para comprar seu Coletor

Para que você vai usar o Coletor de Dados? Inventário ou Operações de Campo?

Para inventários você pode usar qualquer coletor. Mas os Coletores de Dados Batch darão mais trabalho para as suas operações e não são indicados para grandes estoques, pois é necessário coletar todos o dados e depois passá-los via cabo para um computador. Com mais de um funcionário fazendo o inventário essa tarefa vai se tornar complicada. Por isso, prefira os coletores com conexões sem fio. Agora, se será usado para operações de campo, é preciso que o coletor tenha conexão 4G. Por isso, opte por um Coletor de Dados Mobile.

Onde o Coletor de Dados será usado? É um ambiente mais Agressivo?

Em ambientes mais agressivos (com poeira, água, riscos de quedas), você precisa de coletores com classificação IP compatível. Confira o tópico sobre vedação para saber tudo o que precisa sobre o assunto.

Você já escolheu que tipo de Software o seu Coletor irá utilizar?

Os Coletores de Dados podem usar três tipos de softwares: Batch (o mais simples), Android e Windows. Acesse o tópico relacionado aos softwares para facilitar a escolha.

Que tipo de Códigos de Barras seu Coletor precisa ler?

Se a sua empresa trabalha apenas com códigos 1D, você pode preferir por um Coletor de Dados Laser. Porém, se na sua empresa também são usados códigos 2D (QR Code), você vai precisar de um Coletor Imager. Acesse o tópico sobre as tecnologias de leitura e saiba o que precisa para escolher entre as tecnologias de leitura.

Você precisará de Informações em Tempo Real em uma rede sem fio?

Se sim, o que você precisa é um leitor com conexão wifi ou 4G, saiba mais no tópico sobre conexão

2. Tabela de Uso

Esta tabela foi criada para facilitar a escolha de forma resumida e mais simples. Se a função que o seu coletor precisará desempenhar está na tabela, basta ir até o tópico sobre o modelo e saber mais sobre ele.

Tabela de Uso
Aplication Basic Phone-size Full-size Gun-grip Wearable Fixed/Vehicle
Inventory (Cycle Counting) SIM NÃO NÃO NÃO NÃO NÃO
Inventory Management NÃO SIM SIM SIM NÃO NÃO
Asset Tracking NÃO SIM SIM NÃO NÃO NÃO
Warehousing NÃO NÃO SIM SIM NÃO SIM
Pick-and-Play NÃO NÃO SIM SIM SIM NÃO
Attendance Tracking SIM SIM NÃO NÃO NÃO NÃO
Field Services NÃO SIM SIM NÃO NÃO NÃO
Shipping/Receiving NÃO NÃO NÃO SIM SIM SIM
DSD/Route Accounting NÃO SIM SIM NÃO NÃO NÃO
Work in Process (WIP) NÃO NÃO SIM SIM NÃO NÃO
Healthcare (Point of Care) NÃO SIM NÃO NÃO NÃO NÃO

3. Tipos de Coletores

Existem alguns tipos de Coletores de Dados, os principais são os modelos: pistola, shooter (brick), cabeça giratória e mobile, também chamados de smartphone ou celular. Mas quais as diferenças entre eles?

Coletor de Dados Pistola

Os Coletores de Dados do tipo pistola são os coletores que vêm com um suporte para segurá-los embaixo. Também contam com um gatilho para acionar o leitor. Com estes coletores, basta apontar o leitor e fazer a coleta de dados. O formato ergonômico permite trabalhar com ele por mais horas sem fadigar as mãos e também usar apenas uma mão para fazer as leituras de forma simples e fácil. É excelente para conferência de informações, em recebimento e saída de produtos.

Coletor de Dados Shooter (Brick)

Os Coletores de Dados Shooter não vêm com o suporte para segurá-los embaixo e são ideais para digitar as informações, sejam elas de busca ou para inserir dados na tabela. Ao fazer uma leitura de um código de barras, é possível digitar as informações de estoque, validade, localização no setor, entre muitas outras.

Coletor de Dados Cabeça Giratória

Os Coletores de Cabeça Giratória são uma variação do Coletor de Dados Shooter. A diferença é que eles possuem um leitor que pode ser rotacionado para diversas direções diferentes. Isso é muito útil para quem precisa fazer leituras embaixo de prateleiras e produtos ou em outros locais de difícil alcance. Se na sua empresa são necessárias essas leituras em partes difíceis de acessar, vale a pena investir em um Coletor Cabeça Giratória.

Coletor de Dados Mobile

Os Coletores de Dados Mobile são muito parecidos com o seu smartphone. Eles usam, na grande maioria das vezes, o sistema Android e você pode acessar todos os aplicativos da play store. Alguns modelos também são capazes de fazer ligações internas e funcionam como um rádio com um excelente alcance. Além disso, os Coletores de Dados mobile vêm equipados com câmeras, igual nos smartphones. Porém, para fazer a leitura dos códigos com mais precisão, os coletores também são equipados com um leitor de código de barras na parte superior.

O fato de poder baixar qualquer aplicativo pode parecer um incômodo para alguns comerciantes, pois os funcionários poderiam usar o coletor para entretenimento, o que reduziria a produtividade. Mas estes coletores são facilmente configuráveis para que usem apenas aplicativos autorizados através de senhas e permissões.

Abaixo temos ótimos exemplos de cada tipo de Coletor citado logo acima.

4. Tipos de Leituras

Existe uma variedade imensa de códigos de barras no mercado. Porém, quanto a leitura, eles também se dividem em dois grandes grupos: os códigos de barras 1D e os códigos de barras 2D (QR Code). Os códigos de barras 1D são os que vemos na maioria dos produtos no supermercado, em lojas e etc. Eles guardam informações numéricas que podem ser lidas por um aparelho equipado com um leitor de código de barras. Já os 2D (QR Code) são capazes de armazenar muito mais informações num único código de barras e precisam de leitores especiais baseados em câmeras, também chamados de Imager.

Coletor de Dados Laser

Para fazer a leitura de códigos de barras 1D com muita eficiência, agilidade e precisão, os Coletores de Dados equipados com leitores laser são excelentes opções. Eles são capazes de ler códigos rasurados, mal impressos ou com pequenas avarias. Se na sua empresa não existe ainda a necessidade de ler códigos 2D (QR Code), os Coletores de Dados com leitor laser são uma excelente opção.

Coletor de Dados Imager

Os códigos de barras 2D são capazes de armazenar até 4200 caracteres, isso é muito mais informação do que os códigos de barras 1D e inclui urls de sites, caracteres japoneses, como o kanji e caracteres alfanuméricos. Esses códigos precisam ser lidos por Coletores de Dados com a tecnologia de Leitura Imager. Esta tecnologia é baseada em câmeras para fazer a leitura dos códigos de barras por completo. Os Coletores Imager são ideais para comércios que trabalham com produtos que utilizam QR Codes, como em peças automotivas, componentes eletrônicos, medicamentos, entre outros.

Com o passar do tempo, os códigos 2D terão o uso cada vez mais popular, devido a quantidade de informações que é possível adicionar em códigos como esse. Por isso, investir hoje num leitor imager é um excelente investimento para o futuro da sua empresa.

Coletor de Dados Long Range (Longa Distância)

Existem modelos de Coletores de Dados que são capazes de ler códigos a mais de 30 metros de distância! Esses coletores são excelentes para docas, portos, distribuidoras, grandes estoques, entre muitos outros. Podem usar tanto a tecnologia laser quanto imager e a escolha entre uma ou outra tecnologia vai depender das suas necessidades.

Aqui no site da Bz Tech você encontra os Coletores Long Range com a denominação "longa distância" no título do produto.

5. Sistemas Operacionais

Outro aspecto que deve ser verificado antes de comprar um coletor de dados, é o tipo de sistema operacional que ele utiliza. Basicamente, temos 3 tipos de sistemas operacionais nos coletores: Android, Windows e Batch. Cada um tem funções e aplicações diferentes, então o que é melhor para uma empresa pode não ser o melhor para outra. O ideal é comparar as características de cada sistema e analisar quais serão as mais vantajosas na sua empresa.

Coletor de Dados Batch

O Coletor de Dados Batch é o tipo mais simples de Coletor de Dados. Com uma interface sem muitos recursos, eles oferecem o necessário para fazer a coleta de dados na sua empresa. Não possuem conexão wifi ou bluetooth, mas fazem a emissão dos dados em um arquivo txt por meio de um cabo conectado ao pc, que pode ser USB ou Serial. É possível adicionar ou remover produtos, verificar o preço, quantidade, entre muitas outras informações.

Esse tipo de Coletor é muito indicado para fazer inventários e controles de estoque em empresas onde as informações sobre os produtos não necessariamente precisam ser em tempo real. Por oferecer sistema e interface simples, os Coletores de Dados Batch também são os de preço mais baixo entre os coletores.

Coletor de Dados Windows

Um dos sistemas mais utilizados no mundo, o Windows, também está presente em modelos de Coletores de Dados. A interface é simples e o uso lembra muito o computador que a maioria das pessoas usa em casa e nos escritórios. É possível criar e remover pastas, usar o Internet Explorer para navegar na internet, criar planilhas com o Excel, textos com o Word, Outlook para conferir emails e muito mais. A familiaridade com o sistema faz com que os operadores sejam capazes de usar o Coletor de Dados sem precisar de muito treinamento ou muito tempo aprendendo as funções.

Windows CE ou Mobile?

Estes dois tipos de sistemas operacionais Windows são diferentes um do outro e alguns softwares são feitos para rodar o Windows CE e outros o Windows Mobile. Por isso, é importante conversar com o seu desenvolvedor de software para saber se o seu sistema é homologado com o sistema operacional do seu novo coletor. Assim você evita qualquer dor de cabeça e vai ter um coletor de dados 100% funcional.

Coletor de Dados Android

Equipados com o mais moderno e mais usado sistema operacional existente hoje no mercado, os Coletores de Dados Android oferecem uma interface simples, intuitiva e com muitos recursos adicionais. Como o sistema é usado na grande maioria dos smartphones atuais, os operadores não terão problemas para se adaptar ao uso desses Coletores de Dados. Além disso, é possível aproveitar os recursos dos inúmeros aplicativos disponíveis na play store.

São mais indicados para quem precisa de um coletor de dados mais potente e atual. Pois os Coletores de Dados que vêm com sistema Android são equipados com câmeras, tela touch screen, capacidade de carregar aplicativos, usar documentos Google, Microsoft Office, acessar à internet, sincronizar os dados da conta Google, entre muitos outros recursos.

6. Tipos de Teclado

Os Coletores de Dados são capazes de consultar, deletar e também incluir produtos e informações no banco de dados. Por isso, é necessário que estes equipamentos sejam equipados com teclados para a digitação. Se ao pesquisar sobre coletores, encontrou alguns termos como: teclado alfanumérico, QWERTY e touch screen e ficou em dúvida de qual atende melhor a sua necessidade, este tópico é para você!

Teclado Alfanumérico (ou numérico)

teclado Alfanumérico

Todos os Coletores de Dados Batch são equipados com teclados alfanuméricos fisícos, mas esse tipo de teclado não se limita aos coletores batch, pois alguns coletores com tela touch screen também vêm com teclado físico acoplado. Os teclados alfanuméricos são compostos de números que, ao serem pressionados várias vezes, se tornam letras. Igual os telefones celulares antigos, em que era necessário apertar o botão "2" duas vezes para entrar a letra b, por exemplo.

Ao cogitar comprar um coletor com teclado alfanumérico, é necessário lembrar que a digitação é mais lenta pela forma com que as letras são colocadas no teclado e isso pode atrapalhar na produtividade em alguns casos. Porém, se os coletores serão usados mais para conferências e pequeno volume de consultas, o teclado não será um grande problema para os operadores.

Teclado QWERTY

teclado QWERTY

Os teclados do tipo QWERTY têm esse nome devido as seis primeiras letras do formato do teclado. É o mais utilizado hoje em teclados físicos de computador e também no teclado virtual de smartphones, tablets e nos Coletores de Dados Mobile. Esse tipo de teclado oferece a digitação mais fácil, e todos que já estão acostumados com a digitação em teclados de computador não terão problema de adaptação.

Alguns Coletores Touch Screen vêm com teclado QWERTY físico logo abaixo da tela. Os modelos mais atuais utilizam apenas o teclado virtual, mas você não terá problemas para encontrar coletores com teclado físico aqui no site da Bz Tech.

7. Tipos de Conexão

Os Coletores de Dados foram criados para facilitar as operações dos usuários. Para isso, a conexão também precisa ser simples e fácil. Assim, existem três tipos de conexões disponíveis nos Coletores de Dados: Bluetooth, Wifi e 4G. Alguns coletores podem vir com uma delas, com duas ou com as três.

Conexão Bluetooth

A conexão Bluetooth facilita o pareamento com outros dispositivos, como notebooks, tablets, smartphones entre outros. Além disso, um coletor de dados conectado a uma impressora portátil via bluetooth, muitas vezes, é o que você precisa na sua empresa. Essa combinação de dispositivos é o que torna possível fazer impressão de cupons no momento da coleta de dados. Ideal para fazer recebimento e entrega de produtos em veículos e outras aplicações em área externa.

Conexão Wifi

A Conexão Wifi torna possível conectar à internet sem a necessidade de cabos. Isso facilita muito o uso dos coletores. Pois com a conexão wifi os operadores serão capazes de conectar o coletor à rede da empresa e receber informações em tempo real das quantidades em estoque, do recebimento e de saída dos produtos.

Além disso, também é possível transmitir as leituras realizadas sem precisar ir até o computador para descarregar as informações, como acontece nos Coletores de Dados Batch. Por isso, ao comprar um coletor de dados, é importante levar estas informações em conta, pois tudo contribui com a agilidade e produtividade do seu negócio.

Conexão 4G

Para oferecer ainda mais mobilidade, alguns modelos de Coletores de Dados podem vir com opções para colocar chips de operadoras de telefone e acessar a rede 4G. E essa conexão oferece muitos benefícios à sua empresa, pois é possível usar o coletor em áreas externas com facilidade e sem se preocupar com o alcance do sinal wifi. Assim, seu coletor estará sempre conectado, enviando e recebendo informações em tempo real.

Os coletores com conexão 4G usam o sistema Android e precisam do chip da operadora e um plano de dados para que possam utilizar essa conexão. Então, o que deve ser levado em conta antes de escolher um coletor 4G, é se a cobertura da operadora abrange a área onde o coletor será usado e se o pacote de dados irá suprir as necessidades da sua empresa.

8. Acessórios

Para garantir ainda mais velocidade para a sua operação, é possível comprar Acessórios que facilitam o uso, melhoram a produtividade, garantem mais horas de uso e facilitam as conexões. As opções de acessórios que você encontra aqui no site da Bz Tech são: Cabo para coletor de dados, berços, cases, capas, baterias, fontes, cabos de força, entre outros.

Abaixo, você tem um breve resumo de como cada um deles pode ajudar no cotidiano da sua empresa e as principais funções que desempenham.

Cabo para Coletor

Os cabos servem para conectar os coletores diretamente ao computador ou ao berço. São usados para fazer a transferência de arquivos entre o computador e o coletor e também para recarregar as baterias. Essa conexão pode ser USB ou Serial e depende de qual está homologada com o sistema da sua empresa. Por isso, consulte o responsável pelo software antes de adquirir um cabo para o seu coletor.

Berço

Os berços têm duas funções para os Coletores de Dados: carga da bateria e comunicação. Eles, em conjunto com cabos, têm fonte de alimentação e porta de comunicação com o computador, assim, podem enviar informações para o coletor e para o computador e também recarregar as baterias.

Alguns berços são individuais, outros comportam até 6 coletores simultaneamente. Há ainda os berços que tem espaço para coletores e também para baterias.

Case

Os Cases são excelentes para quem tem microempresas em que o coletor pode ser o próprio celular com um aplicativo instalado. Para facilitar a leitura, os cases vêm com leitores de códigos de barras embutidos que podem ser laser ou imager (capazes de ler QR Code).

Capa

Para proteger o seu coletor da entrada de poeira, quedas e outras avarias, você pode adquirir capas de proteção. Existem capas de dois tipos de materiais disponíveis no mercado: de couro e de borracha. As capas de couro oferecem uma pequena proteção a quedas e a sujeira. Já as de borracha oferecem uma proteção maior e mais aderência às mãos, o que facilita na hora de manipular o equipamento

Antes de comprar uma capa para o seu coletor, analise se ela é compatível com o modelo de coletor que você escolheu. Essas capas possuem espaços reservados para os botões, gatilhos e leitores de coletores específicos. Aqui no site da Bz Tech, sempre que você encontrar uma capa de coletor, ela trará a informação de qual é o modelo compatível.

Bateria

A sua empresa não pode parar e os coletores precisam estar sempre em funcionamento? Então você precisa adquirir baterias extras para os seus coletores. Assim, quando uma bateria descarregar durante o intenso período de trabalho, você poderá continuar a coleta e manter a outra bateria recarregando para a próxima troca.

Vale lembrar que além das baterias extras também é necessário adquirir berços para recarregar as baterias. Existem berços capazes de carregar um coletor e uma bateria ao mesmo tempo. Tudo depende de quantos coletores sua empresa possui.

Fonte de Alimentação

Muitos coletores não vêm com a fonte que recarrega a bateria dos dispositivos e é necessário comprá-la separadamente. Por isso, ao comprar o seu coletor, verifique se entre os itens inclusos está a fonte de alimentação. Se não tiver, você precisará buscar a fonte deste coletor aqui no site da Bz Tech.

Além disso, como existem diferentes modelos de conexões à tomada, as fontes também não vem com cabo de força. É preciso adquirir um cabo de força para que seja possível conectar a fonte ao berço ou ao coletor, o cabo de força na fonte e na tomada.

Cabo de Força

Os cabos de força dos Coletores de Dados são itens necessários para fazer a ligação da fonte dos Coletores de Dados e a tomada. Eles são vendidos separadamente devido aos diferentes padrões de tomadas que existem. Por isso, se comprar um coletor e uma fonte de alimentação, não esqueça de comprar um cabo de força junto para garantir o funcionamento do seu dispositivo.

Suporte

Se você precisa do seu Coletor de Dados Shooter (Brick) para usar como um Coletor Pistola, é possível adquirir um suporte que faz esta função. A montagem é feita através de parafusos e a conexão é feita por um pequeno cabo. Além disso, eles vêm com um gatilho para realizar leituras, o que facilita muito para ler códigos de barras.

Canetas

As telas capacitivas tem um excelente sensor de toque e podem ser manipuladas usando os dedos. Porém, os coletores com telas touch screen com a tecnologia resistiva precisam de um toque mais preciso e com uma leve pressão a mais. Assim, é possível adquirir canetas especiais para telas touchscreen de Coletores de Dados

Além das canetas, é possível comprar cordões para mantê-las sempre presas ao coletor e evitar os riscos de perda.

Alça e Cinto para Coletor

Os Coletores de Dados ficam mais seguros se estiverem presos ao corpo dos operadores e é por isso que você pode adquirir alças e cintos para os seus Coletores de Dados. As alças garantem que o coletor fique preso à mão e o cinto é para prender o coletor na cintura. Assim, você evita quedas desnecessárias e mais segurança ao operador dos equipamentos.

9. Vedação do Coletor de Dados (Tabela de Classificação IP)

Se você é daquelas pessoas que gosta de ler as especificações técnicas dos produtos antes de comprar, certamente já leu sobre a tabela de classificação IP. Ou se você nunca ouviu falar nisso, este tópico vai esclarecer todas as dúvidas sobre a tabela de classificação IP e a sua importância

A tabela de classificação IP foi criada para mostrar a vedação dos produtos e classificar cada um de acordo com a vedação contra água e poeira. Funciona assim: são dois algorismos, o primeiro diz respeito à proteção contra poeira e o segundo contra água. Quanto maior o número, maior a vedação, simples assim!

Como pode ser visto na tabela abaixo, cada algorismo representa uma diferente resistência à agua e poeira. Vai desde gotículas e pequenos detritos até fortes jatos d'água, imersão e completa vedação contra poeira.

Confira a tabela e nunca mais tenha dúvidas como: "o que significa IP 65?" e sempre vai saber qual o dispositivo que melhor atende às suas necessidades.

Visualizar Tabela de Classificação IP Tabela de Classificação IP

É importante lembrar que a tabela não serve apenas para coletores, mas para uma série de produtos como: celulares, tablets, leitores de código de barras, monitores touch screen e muitos outros.

10. Impressora Portátil e Coletor de Dados

Se você busca mais mobilidade para as suas operações e também poder utilizar o coletor em ambientes externos e emitir cupons das coletas, a combinação: Impressora Portátil e Coletor de Dados é o que você precisa para a sua empresa.

As impressoras portáteis imprimem diretamente no papel térmico e não precisam de ribbons para fazer a impressão, têm uma excelente autonomia da bateria, são leves e fáceis de transportar. Ideais para recebimento de produtos e saída de produtos diretamente em veículos, em estoques de difícil acesso, em portos, navios, entre outras aplicações.

Como as Impressoras Portáteis oferecem conexão bluetooth, podem ser pareadas diretamente com os Coletores de Dados (que também têm conexão bluetooth) e imprimir cupons e recibos das coletas realizadas. Assim, a combinação de Coletores de Dados e impressoras portáteis garante mobilidade, agilidade e segurança para os seus processos.

Você pode saber mais sobre impressoras portáteis, métodos de impressão e muitas outras coisas ligadas à impressoras acessando o nosso Guia Impressoras

.

11. Tamanho de Tela

Os coletores shooter e cabeça giratória, que vêm com teclado, oferecem áreas menores de tela para que haja espaço para o teclado físico. Por isso, as telas variam de 2.4 polegadas até 3.7 polegadas e são ideais para fazer a navegação pelos ícones e visualizar as informações, mas o teclado físico é a forma mais ágil de fazer entradas de textos.

Já os Coletores Mobile, vão de 4.3 até 7 polegadas de tela touch screen. Isso garante que a navegação pelos ícones, a visualização e as entradas de texto sejam feitas na tela do dispositivo. O fato de muitas pessoas estarem acostumadas com o uso de smartphones garante que o treinamento para usar esses Coletores de Dados seja extremamente simples e fácil. Além de oferecer uma interface igual ao dos celulares com Android e a loja de aplicativos: play store.

12. Tipos de Touch Screen

Ao pesquisar sobre Coletores de Dados Touch Screen você irá encontrar duas denominações quanto à tela: resistiva e capacitiva. Mas qual a diferença entre elas?

Tela Touch Screen Resistiva

Esse tipo de tela touch screen é formada por várias camadas plásticas que ficam empilhadas uma sobre as outras e o reconhecimento do toque se dá quando um determinado ponto é tocado e "afunda" um pouco as camadas. Esse tipo de dispositivo precisa que seja colocada um pouco de força no toque, não reconhece toques múltiplos e é necessário calibrá-lo com certa frequência. A vantagem é que podem ser utilizados com canetas especiais para melhorar a precisão do toque e o preço é menor em comparação com dispositivos com tela capacitiva.

Tela Touch Screen Capacitiva

Já a tela capacitiva é provavelmente a tela do smartphone que você usa no seu cotidiano. A tela é composta por vários capacitores que reconhecem onde é feito o toque no momento que o dedo passa pela tela. Graças à esta tecnologia, os dispositivos são capazes de reconhecer toques múltiplos e movimentos como os de pinça, para dar zoom nas imagens. A vantagem é um toque muito mais preciso, uma digitação muito mais rápida e o toque não precisa ser calibrado.

13. Coletores de Dados Vestíveis (Wearables)

Você sabia que é possível trabalhar com ambas as mãos livres ao usar um Coletor de Dados? São os chamados coletores "vestíveis" também conhecidos como "wearable mobile computer". Esses coletores podem ser colocados no antebraço e são conectados com um cabo a um leitor que fica no dedo ou na mão. As informações são lidas com o leitor e visualizadas na tela que fica no antebraço.

Este tipo de coletor permite que o operador use as mãos para segurar produtos e fazer leituras. Os modelos mais antigos são um pouco grandes demais e um tanto quanto desajeitados para o uso. Porém, é possível usar os coletores mobile também para isso, o que reduz, e muito, o peso do dispositivo e torna o uso muito mais simples.

Dúvidas?

Se você tem alguma dúvida, crítica ou sugestão sobre Coletores de Dados ou sobre o conteúdo do guia. Por favor, entre em contato com um dos nossos consultores ou pelo nosso email. Será um prazer atender!

* Visualizando preços para EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL - SÃO PAULO. Alterar

Meu Carrinho
0
Aguarde...
Loading
Icone GeoTrust