Menu
* PREÇO DOS PRODUTOS:

Você está visualizando preços para: EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL Estado: SÃO PAULO - CLIQUE PARA ALTERAR

Guia Etiquetas

Guia: Etiquetas

As etiquetas são importantíssimas para uma série de comércios e indústrias, têm aplicações em rótulos, embalagens, gôndolas, na indústria têxtil, para trazer informações aos clientes, entre outras. Escolher o tipo certo de etiqueta garante que a impressão seja duradoura, que a etiqueta dure o tempo necessário, que não se deteriore ou tenha problemas na impressão.

Criamos este guia para ajudar na escolha da melhor etiqueta para o seu negócio. Use a tabela de conteúdo para chegar aos tópicos que causam dúvidas e tenha uma boa leitura.


1. Perguntas Guia para comprar suas Etiquetas

Em que tipo de produtos você precisa colar as Etiquetas?

Se as etiquetas forem para grudar em caixas de papelão, em produtos que irão ficar apenas em ambientes secos e sem contato com a água, confira o tópico: Etiquetas de Papel. Caso a etiqueta precise entrar em contato com água, solventes, entre outros produtos ou ficar colada em superfícies plásticas e durar mais tempo, confira o tópico: Etiquetas de Filme Sintético.

As Etiquetas vão ficar em contato direto com Alimentos?

As etiquetas que precisam entrar em contato direto com alimentos precisam ser aprovadas pela ANVISA e são modelos específicos de materiais próprios que não oferecem perigo à saúde humana.

As Etiquetas entrarão em contato com a Água ou serão Congeladas?

As etiquetas de papel não são uma boa escolha para você. Confira o tópico: Etiquetas de Filme Sintético e saiba todas as funções que estas etiquetas podem exercer.

As Etiquetas ficarão em Roupas?

As etiquetas para roupas precisam ser Etiquetas TAG, pois elas são de material não adesivo e podem ser amarradas em peças de roupas.

Você precisa de Etiquetas com medidas de Segurança?

As etiquetas com medidas de segurança garantem que a embalagem dos produtos não sejam violadas. Saiba mais sobre elas no tópico: Etiquetas de Segurança.

2. O que são Etiquetas Adesivas?

As Etiquetas Adesivas são compostas de três principais elementos: Frontal, Adesivo e Liner. O Frontal é o material da etiqueta, é a parte visível ao público, que traz as informações e também fica exposto à abrasão e umidade.

O adesivo pode ser de uma série de materiais diferentes, ele é a "cola" que mantém a etiqueta presa ao produto, pode ser de borracha, acrílico e outros materiais. Os adesivos de borracha são mais indicados para superfícies irregulares, já os acrílicos são mais indicados para superfícies lisas.

Por fim, o liner pode ser de papel ou filme siliconizado, é a parte descartavável que é o que mantém o adesivo protegido até o momento de utilizar a etiqueta.

Quando falamos do tipo de etiquetas, normalmente estamos falando do Frontal, que é a parte visível e que mais exige preocupação com a impressão, para garantir que o cliente irá ser capaz de ler as informações contidas na etiqueta. Pode ser de vários materiais que se dividem em 3 grandes grupos: papéis, filmes e materiais especiais.

3. Tipos de Etiquetas

As Etiquetas podem ser de papel, filmes ou de materiais especiais, que têm aplicações específicas para diversos tipos de empresas. Vamos falar sobre cada um dos tipos de etiquetas logo abaixo.

Etiquetas de Papel

As Etiquetas de Papel oferecem preço mais baixo do que as outras e são mais indicadas para aplicações em que não estarão expostas às intempéries e serão aplicadas sobre papel ou papelão. São mais utilizadas para controle de estoque, produtos mais simples e para identificar caixas nas prateleiras, bem como serem coladas em planilhas.

Existem vários tipos de etiquetas de papel, como etiquetas de papel couchê fosco, papel transtérmico, papel térmico, couchê de duplo uso e o couchê contracolado. Cada um deles têm funções distintas e atendem determinadas situações.

Papel Couchê Fosco

O Papel Couchê tem uma superfície lisa e semi-brilhante. Por oferecer essa camada lisa, que muita gente acredita ser revestida com plástico, mas o que faz com que o papel seja dessa forma é uma camada formada por minerais. A superfície lisa do papel garante que ele seja ideal para impressão com ribbons e pode ser uma opção econômica para rótulos personalizados. São mais indicados para impressões com ribbon cera e podem ser usados em aplicações em que as etiquetas não precisam ser resistentes à altas e baixas temperaturas, ficar exposta à excessiva umidade ou muito atrito. Se as etiquetas não ficarão expostas à essas intempéries no seu negócio, uma etiqueta de papel couchê pode ser a opção ideal para a sua empresa.

Papel Transtérmico

As Etiquetas de Papel transtérmico são as mais indicadas para impressões com ribbon. Uma fita de tinta é aplicada sobre a etiqueta utilizando a cabeça de impressão aquecida. A maior vantagem deste tipo de papel é a superfície extra lisa que garante pouco atrito entre a cabeça de impressão e a etiqueta, assim, garante mais durabilidade à cabeça de impressão. A impressão em papéis transtérmicos tem um excelente acabamento e permanência de impressão.

Papel Térmico

O papel térmico vem com tinta termossensível "dentro" dele. Não precisa de ribbon para fazer a impressão e normalmente é utilizado em impressoras de balanças e comprovantes de cartões de crédito e débito. Na maioria das etiquetas de papel térmico, são aplicadas três camadas químicas que servem de proteção para as informações, que garantem que a impressão seja resistente à água, oléo, solventes e plastificantes.

Papel Couchê duplo uso

As etiquetas de papel couchê duplo uso vêm com 2 camadas adesivas e podem ser utilizadas duas vezes. São ideais para fazer controle de estoque, pois é possível retirá-la da caixa e reaplicar na planilha de controle, por exemplo. Também pode ser utilizada em entregas, pois retira-se a etiqueta do produto e cola no comprovante de entrega, para garantir um melhor controle das operações.

Contracolado Couchê (TAG)

As Etiquetas de Papel Contracolado são revestidas com uma camada de polipropileno, o que faz com que sejam mais resistentes a rasgos. São usadas principalmente em etiquetas de roupas, onde ficam penduradas e trazem informações como preço, origem do produto, entre outras. É um material mais barato e resistente o suficiente para que suporte o transporte.

4. Etiquetas de Filmes Sintéticos

Além do papel, um material muito utilizado na confecção de etiquetas adesivas é o filme sintético. Têm aplicações bem diferentes das etiquetas de papel e atendem a uma variedade maior de tipos de uso. São mais resistentes a rasgos, umidade, atrito, calor, entre outras características.

Existem vários tipos de filmes sintéticos, os principais são: BOPP fosco, BOPP perolado, BOPP metalizado e BOPP transparente.

O BOPP (Polipropileno Biorientado) é muito usado para etiquetas adesivas, pois oferece uma excelente impressão, resistência a rasgos, resistência à umidade e suporta temperaturas que vão de -20ºC até 90ºC.

BOPP Fosco

As etiquetas de BOPP Fosco são as mais indicadas para receber impressões de códigos de barras usando ribbons. A ausência de brilho garante um contraste melhor e facilita a leitura dos códigos de barras. São indicados ribbons misto ou resina para a impressão neste tipo de etiqueta. Tudo depende de quanto tempo as informações precisam durar, quais as condições que a impressão irá enfrentar, entre outras características.

BOPP Perolado, Metalizado e Transparente

Estes tipos de filmes sintéticos são muito utilizados em rótulos adesivos e oferecem uma qualidade superior de impressão e cores. Não são indicados para impressão com ribbons em impressoras de etiquetas comuns, pois exigem máquinas especiais para realizar a impressão, que pode ser feita por flexografia ou retrogravura.

5. Etiquetas RFID

Etiqueta RFID

As Etiquetas RFID (identificação por radiofrequência) usam um chip com uma antena para enviar informações sobre os locais ou objetos em que estão fixadas. Assim, a etiqueta RFID permite fazer leituras mesmo a distância. Por exemplo, quando um leitor de RFID está posicionado e uma etiqueta passa por ele, as informações contidas no chip são lidas. Isso torna possível saber quantos produtos estão numa prateleira, num estoque ou no carrinho de compras sem precisar ler os códigos de barras um a um. Existem três tipos de Etiquetas RFID: as etiquetas passivas, semipassivas e ativas.

Etiqueta RFID Passiva

Esse tipo de Etiqueta RFID é a mais comum, pois é mais simples e não usa bateria. Elas energizam os circuitos por ondas eletromagnéticas que vêm da antena do leitor. Assim, são incapazes de iniciar comunicações e funcionam a distâncias curtas. Isso faz com que sejam mais baratas e com maior vida útil

Etiqueta RFID Semipassiva

Este tipo de etiqueta está entre a etiqueta ativa e a etiqueta passiva. A bateria é pequena e serve só para alimentar os circuitos internos, assim, não é capaz de criar um sinal de radiofrequência para o leitor.

Etiqueta RFID Ativa

Esse tipo de Etiqueta RFID possui uma fonte própria de energia, que alimenta tanto o seu circuito, quanto fornece energia para trocar informações com o leitor. São as etiquetas capazes de realizar tarefas mais complexas, vêm com maior capacidade de armazenamento e suportam sensores. Por ser mais complexa, ela é maior e mais cara do que as outras.

6. Etiquetas TAG

As Etiquetas Tag são etiquetas não adesivas que podem ser de vários materiais diferentes, para diferentes aplicações, como em roupas, gôndolas de supermercados, construção civil, plantas, tickets de estacionamento, ingressos e muito mais.

Para as tags de supermercado, que ficam nas gôndolas, as etiquetas com tinta termossensível são as mais indicadas. Não precisam de ribbon para fazer a impressão, pois a cabeça de impressão aquece a tinta que já está presente na etiqueta e imprime as informações. Isto faz com que a impressão seja mais barata e simples. O formato das tags podem variar bastante. Os softwares de configuração de etiquetas podem ser configurados para imprimir em etiquetas com furos, usadas para amarrar nos produtos. Existem etiquetas de papel couchê, papel sintético, nylon, poliéster e muitos outros. A vantagem do papel sintético é que ele é resistente a rasgos e ao atrito.

Etiqueta Tag para Roupas

As Etiquetas Tag são muito procuradas para serem usadas em roupas. O ideal é usar papel sintético nas etiquetas que são amarradas às roupas e as de nylon nas etiquetas que são costuradas nos produtos, pois são resistentes a lavagens e não perdem as informações.

7. Aplicação das Etiquetas

As Etiquetas de Papel podem ser usadas em produtos que ficam dentro de estoques ou sem contato com muito atrito, altas temperaturas ou água. Usam o ribbon cera e são mais indicadas para caixas de papelão onde os produtos ficam armazenados, informações que não precisem durar por muito tempo, como comprovantes de entrega e de recebimento de produtos, gôndolas de supermercados, entre outros. Assim como as etiquetas de papel termossensível podem ser usadas em impressoras de balanças, em impressoras de máquina de cartão de crédito e débito, entre outras aplicações.

Já etiquetas de Filme BOPP podem ser usadas em rótulos, em produtos que irão ser congelados ou suportar temperaturas de até 90ºC. Este tipo de etiqueta não tem problemas com água, óleo, detergentes e outros solventes. Por isso, se as informações precisam durar por muito tempo, prefira uma Etiqueta BOPP com impressão em ribbon resina. As impressões em etiquetas BOPP com ribbon misto são indicadas para informações que precisam durar alguns meses e as impressões com ribbon cera não são indicadas para filmes do tipo BOPP.

As etiquetas BOPP impressas com ribbon resina são muito vistas em impressões com mais de 300 dpi, como as que são utilizadas em pequenos componentes de eletrônicos, em jóias e em relojoarias. Essas impressões são muito pequenas e, por isso, precisam de uma qualidade superior de impressão

Conheça nossas Etiquetas

8. Tipos de Adesivos

Existem Etiquetas que são coladas nos produtos e precisam ser facilmente removíveis. É o caso de etiquetas colocadas em louças e eletrodomésticos, por exemplo. Existem também as etiquetas permanentes, que precisam que as informações durem por muito tempo, é o caso de rótulos de produtos, informações de segurança, etiquetas de garantia, entre outras. E por fim, as etiquetas reposicionáveis, que são criadas para que possam ser deslocadas e coladas várias vezes, como o caso das etiquetas para proteger produtos alimentícios, para brinquedos personalizáveis, embalagens de lenços umedecidos, entre muitos outros.

Estes adesivos podem ser de borracha ou de acrílico. Os adesivos de acrílico são mais indicados para etiquetas removíveis, enquanto os de borracha são mais indicados para adesivos permanentes. Existem muitas outras variáveis a respeito dos adesivos, mas o importante é que você saiba que na hora de comprar um adesivo, se nas especificações dele disser acrílico ou borracha, você saberá qual é a melhor escolha.

9. Etiquetas de Segurança

Existem uma série de tipos de etiquetas que podem ser utilizadas para a segurança. São etiquetas com medidas de proteção que tornam as etiquetas verdadeiros lacres de segurança que garantem a integridade do produto. São as chamadas "etiquetas destrutíveis" que podem ser casca de ovo, delamináveis e void.

As etiquetas casca de ovo não podem ser removidas sem sair em pedaços. Assim, é impossível recolocá-las em outra superfície. Já as etiquetas delamináveis, ao serem removidas, deixam rastros de sua remoção e indicam que aquele produto foi de alguma forma violado, deixando a mensagem "void" (traduzido como vazio ou nulo em inglês) onde estava a etiqueta.

Esses itens de segurança são ideais para etiquetas que irão lacrar produtos, etiquetas que garantem garantias, que ficam em locais que não podem ser acessados facilmente, para proteger parafusos e outros componentes, além de uma série de outras aplicações.

10. Tamanho das Etiquetas e Impressoras

Existem diferentes tipos de tamanhos, larguras e diâmetros de etiquetas. Por isso, após definir qual é o tipo de material que é o ideal para as etiquetas, é preciso observar quais são as dimensões de etiquetas que a sua impressora de etiquetas suporta. Por isso, fique atento às especificações técnicas do seu dispositivo e observe as especificações da etiqueta que está pensando em comprar. Caso sejam incompatíveis em largura, diâmetro, não irão funcionar na sua impressora.

Além dessas características, o tamanho também é importante. Deve ser do mesmo tamanho do ribbon, para que ambos imprimam ao mesmo tempo e a troca possa ser feita dos dois suprimentos ao mesmo tempo.

Dúvidas?

Caso tenha dúvidas a respeito de Etiquetas, ou deseje saber mais sobre elas, entre em contato com um dos nossos consultores. Será um prazer ajudar.

* Visualizando preços para EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL - SÃO PAULO. Alterar

Meu Carrinho
0
Aguarde...
Loading