Menu
* PREÇO DOS PRODUTOS:

Você está visualizando preços para: EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL Estado: SÃO PAULO - CLIQUE PARA ALTERAR

Por que investir em Big Data?

Por que investir em Big Data?

Instituto Gartner prevê 21 bilhões de dispositivos conectados até 2020.

O Instituto IDC – um dos mais renomados do mundo – fez um estudo e mostrou alguns dos benefícios que diversos setores estão tendo ao investir em Big Data. Ao todo, são oito segmentos distintos que estão utilizando a tecnologia e melhorando os seus resultados, seja em questões relacionadas ao consumidor final ou para propósitos internos. Mas a questão é: qual é o propósito por trás dessa tecnologia? Ela serve apenas para empresas grandes?

Cada vez mais, os dispositivos usados em fábricas ou em empresas estão conectados entre si. A partir desse momento, há uma troca de informações entre essas máquinas, que, se forem interligadas a um sistema de gestão, podem oferecer uma série de possibilidades e insights para os gestores. O Instituto Gartner prevê que, até 2020, deve haver 5,5 milhões de novas conexões entre máquinas, atingindo 21 bilhões de dispositivos até 2020.

Os benefícios da tecnologia

Muitas fábricas e empresas tomam decisões sem ter a real noção da interferência dos custos, das consequências que elas podem ter para o futuro do negócio. O objetivo por trás do Big Data é melhorar a prestação de informações aos gestores, fazendo com que haja um suporte na tomada de decisões – com dados reais e precisos.

O uso da tecnologia em sistemas de gestão somada à aplicação de dispositivos no dia a dia das empresas – como coletores de dados e tecnologia RFID -, permite que companhias de diferentes portes possam investir nesse tipo de evolução. Por óbvio, o porte das empresas vai interferir diretamente na amplitude e nos investimentos realizados, mas pode modificar o cenário de uma companhia independentemente de ser micro, pequena, média, grande ou multinacional.

O grande desafio

Como selecionar dados relevantes para a empresa? A principal dificuldade do Big Data não está em coletar e armazenar informações que podem ser pertinentes para o negócio, mas em estabelecer critérios para selecionar que tipo de dados podem contribuir para o negócio.

No caso de um varejista, por exemplo, entender qual é o comportamento do consumidor em seu site ou em sua loja física pode melhorar a experiência e ampliar as vendas, facilitando a interpretar os seus hábitos de consumo. No caso de uma pequena manufatura, ter mais controle sobre o armazenamento, a logística, entre outros pontos, pode reduzir custos e aumentar a margem de faturamento.

Quer conhecer alguns dos equipamentos que podem dar início ao seu projeto de Big Data? Confira o portfólio da Bz Tech e entre em contato com os consultores para tirar as suas dúvidas.

 


Avaliações e Comentários

Adicionar Avaliação e Comentário

* Visualizando preços para EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL - SÃO PAULO. Alterar

Meu Carrinho
0
Aguarde...
Loading