Menu
* PREÇO DOS PRODUTOS:

Você está visualizando preços para: EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL Estado: SÃO PAULO - CLIQUE PARA ALTERAR

O que é Internet das Coisas?

O que é Internet das Coisas?

O termo "Internet das Coisas" (IoT - Internet of Things, em inglês) aparece muitas vezes no nosso cotidiano. Mesmo que você não saiba o que significa, já deve ter ouvido ou lido alguém falando sobre. É um tema interessante e é importante ficar antenado, pois existem inúmeras possibilidades que podem ser exploradas com a Internet das Coisas.

A Internet até a Internet das Coisas.

Para entender o que é Internet das Coisas, fica mais fácil quando pensamos na Internet como um todo e em todas as fases que esta grande rede já passou. Num primeiro momento da Internet, lá nos primórdios da rede, ela era uma rede de computadores de médio e grande porte que interligava computadores militares, grandes centros de pesquisa e universidades ao redor do mundo. Assim, era possível compartilhar informações e conhecimento para facilitar estudos e otimizar tempo e processos. Ou seja, era uma rede relativamente pequena e para interligar computadores.

Num segundo momento da Internet, mais computadores foram incluídos nessa rede e passaram a fazer parte do cotidiano das pessoas, coisas como e-mails, ferramentas de busca, sites de compras, redes sociais, entre outros foram incluídos nessa nova fase e a internet passou a ser mais do que uma rede para interligar computadores e passou a interligar pessoas. A internet para as pessoas ainda faz parte da nossa realidade, porém, agora vivemos um momento de transição entre a internet das pessoas e a Internet das Coisas. Obviamente, a internet não deixará de ser para pessoas, mas será para pessoas e também para coisas.

Para compreender o que é a Internet das Coisas, imagine que o seu carro está interligado com a sua casa e é capaz de enviar um comando ao ar-condicionado para avisar que você está saindo do trabalho e, assim, deixar a temperatura da sua residência do jeito que você gosta. Ao mesmo tempo, em determinado horário, a geladeira envia uma mensagem para avisar quais produtos estão faltando, a máquina de lavar avisa quando as roupas estarão secas e por aí vai. Cada vez mais dispositivos terão acesso à internet e tornarão possíveis esse tipo de ações. A internet estará tão presente e será tão comum no nosso cotidiano que nem mais perceberemos a sua presença e passará a ser natural conviver com ela. Essa é a Internet das Coisas e a sua forma incrível de facilitar a nossa vida.

Indústria 4.0

A Indústria 4.0, só foi possível graças à Internet das Coisas. Como nesse momento da Indústria as máquinas devem ser cada vez mais independentes e capazes de tomar decisões, a conexão entre todas elas em um único sistema é essencial para que tudo funcione e que relatórios sejam gerados. Todo o maquinário está interligado graças à internet, assim, os dispositivos trabalham em conjunto, sem atrasos e de forma harmoniosa. Essa tecnologia permite que as fábricas autônomas sejam capazes de executar tarefas muito mais complexas do que simplesmente soldar placas e apertar parafusos. O sistema interligado permite análise de complexos dados e geração de relatórios em tempo real para a nuvem.

Internet das Coisas serve para o meu negócio?

É claro que a Internet das Coisas pode ser usada em uma série de negócios e otimizar muitos processos. Por exemplo, imagine uma loja de conveniências que vende uma série de produtos, inclusive bebidas. Imagine que todos os dispositivos estão conectados e que o operador fez a entrada de 50 latas de uma determinada bebida. A medida que o caixa registra as vendas, como está conectado à geladeira de bebidas, é possível saber em tempo real quantas latas ainda faltam ser vendidas e quando será necessário fazer a reposição. No caso de uma padaria, o forno esta interligado aos televisores e pode emitir alertas de qual será a próxima fornada de pães e doces para que os consumidores saibam quando poderão levar os produtos fresquinhos para casa. Esses são apenas pequenos exemplos de como essa tecnologia pode transformar o seu negócio. Pense nas possibilidades, analise o seu negócio e você vai perceber que a Internet das Coisas também serve para você e para a sua empresa.

Para que tudo isso seja possível, é preciso que os equipamentos do seu negócio tenham a possibilidade de conexão com a internet e que o software da sua empresa seja capaz de interligar todas essas informações e fazer com que trabalhem em conjunto. Por isso, além dos equipamentos, a figura do desenvolvedor de software é extremamente importante para fazer com que a Internet das Coisas seja útil e melhore a produtividade do seu negócio.

O futuro que está por vir

Calcula-se que hoje existam cerca de 10 bilhões de dispositivos conectados entre si e que esse número deve crescer para 50 bilhões em 2020, segundo pesquisas. Um estudo sobre formas de pagamento avalia que nove em cada dez executivos que atuam com comércio estimam que a IoT vai alterar a forma como as indústrias atuam, modificar os processos de compras e até mesmo o cotidiano das pessoas.

Outro estudo, realizado pela Cisco, estima que o mundo vai gerar US$ 19 trilhões a partir da Internet das Coisas na próxima década. O Brasil deve gerar cerca de US$ 350 bilhões, com o desempenho mais forte da América Latina. Segundo dados da Associação Brasileira de Automação para o Comércio (Afrac), o setor movimentou cerca de R$ 3,3 bilhões em 2017, um aumento de 4,1% na comparação com 2016. Cerca de 350 mil empregos estão diretamente relacionados à automação para o comércio.

As empresas estão ampliando os investimentos em TI em todos os segmentos, do agronegócio ao varejo, até mesmo o setor público está incluso. Uma pesquisa da FGV indicou que, para cada 1% a mais de aplicação de recursos em TI, os lucros crescem na ordem de 7% a cada dois anos.

Nada é perfeito

Como já vimos, a Internet das Coisas traz uma série de benefícios para os usuários, mas, infelizmente, a tecnologia também traz problemas. Como todos os dispositivos conectados à internet, os equipamentos que são preparados para IoT também podem sofrer com ataques de hackers e invasões. Um estudo da HP indica que cerca de 70% dos equipamentos que se conectam à Internet não estão seguros. Em uma análise dos 10 dispositivos mais utilizados em residências e empresas, foram encontradas mais de 250 vulnerabilidades! A empresa analisou dispositivos como TVs, webcams, termostatos, controladores de sprinkler, hubs para controle de vários dispositivos, fechaduras, balanças alarmes e abridores de portas de garagem, todos podiam ser controlados de forma remota utilizando dispositivos móveis, como smartphones.

Os dados mostram que 90% dos aparelhos testados exigiam pelo menos uma informação pessoal, 70% usavam os serviços sem criptografia, o que permite identificação de dados em ataques, e 80% não pediam senhas seguras. Além disso, 60% dos aparelhos não usavam criptografia para a atualização ou download de softwares, o mesmo percentual levantou preocupações sobre a interface web (como sites de hospedagem na nuvem e apps), que seriam facialmente acessáveis por hackers. 

Por isso, apesar das facilidades que a Internet das Coisas traz ao cotidiano, o cuidado com a segurança deve ser redobrado. Imagine que um veículo completamente automatizado seja invadido por um hacker que trava os freios ou a geladeira passa a pedir produtos que você não gostaria de receber ou ainda a televisão do seu comércio passe a transmitir vídeos que não condizem com o ambiente do estabelecimento. Seriam situações complicadas e até mesmo perigosas. Então, é importante planejar toda a rede de conexão com segurança e garantir-se com equipamentos adequados e seguros que dificultem o acesso aos dados contidos nos seus dispositivos.

Conclusão

A Internet das Coisas transformou a forma como lidamos com as tarefas do cotidiano, tanto dentro de casa quanto em empresas. Será cada vez mais presente na vida das pessoas e representa, na maioria das vezes, um avanço positivo. Com menos tempo investido em tarefas triviais que serão pensadas por aparelhos eletrônicos, sobra mais tempo para fazer coisas que gostamos ou que consideramos mais importantes. Além disso, a Internet das Coisas veio para ficar e em breve será tão natural quanto é consultar um e-mail no smartphone hoje.

Dúvidas?

Se você tem dúvidas, críticas ou sugestões com relação ao conteúdo, por favor, utilize a seção de comentários aqui embaixo. Caso deseje mais informações sobre automação comercial, por favor, entre em contato com um dos nossos consultores.


Avaliações e Comentários

Adicionar Avaliação e Comentário

* Visualizando preços para EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL - SÃO PAULO. Alterar

Meu Carrinho
0
Aguarde...
Loading