Menu
* PREÇO DOS PRODUTOS:

Você está visualizando preços para: EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL Estado: SÃO PAULO - CLIQUE PARA ALTERAR

Dicas para automação de empresas

Dicas para automação de empresas

Neste artigo apresentaremos 10 passos indispensáveis para qualquer pessoa que queira implementar a automação em sua empresa. Confira as dicas que foram formuladas junto com a equipe técnica da Bz Tech!

É muito importante encontrar um profissional devidamente especializado. Isto é bom para minimizar erros e garantir que seu dinheiro seja investido somente em equipamentos que vão garantir ainda mais produtividade à sua empresa.

Planejamento

1. Encontre um responsável pela automação comercial.

Depois de encontrar um profissional capacitado, o próximo passo é encontrar um responsável por elaborar o plano. Esta pessoa pode ser um sócio, um gerente, um responsável pela área de informática ou um consultor externo. É importante levar em conta que esta pessoa precisa entender mais do que todas as áreas do negócio. Ela deve saber ou estar disposta a aprender sobre informática e automação. Também é preciso dedicar tempo e dedicação ao projeto do início ao fim. O sucesso da automação comercial da sua empresa depende do esforço e comprometimento de todos, principalmente de proprietários e gestores.

2. Registre tudo

O próximo passo é fazer relatórios ou inventários com todas as informações e fases do trabalho na empresa. Isto vale para todos os setores, do estoque ao ponto de venda. É preciso enumerar os principais problemas, que pode ser um atendimento lento, dificuldade para encontrar produtos no estoque ou nas prateleiras da loja, entre outros. Após terminar esta lista, muito provavelmente você já vai ter percebido quais áreas do seu negócio serão beneficiadas pela automação comercial. Aproveite também para traçar objetivos e quais são as necessidades mais críticas.

3. Identifique suas necessidades

Depois de terminar o relatório você já terá uma lista de processos que precisam ser automatizados dentro da sua empresa. Com isso, é mais fácil saber em quais áreas investir, que tipo de equipamentos são essenciais e quais atividades demandam menos ou mais investimento para trazer resultados. A partir daqui, crie metas para o seu negócio. Essas metas podem ser reduzir a fila em um determinado horário, cortar pela metade o tempo de atendimento no balcão ou da retirada de produtos. Tudo depende da sua área de atuação.

4. Procure ajuda

Como empreendedor você sabe manter o mix de produtos e aumentar o giro, não é mesmo? Ninguém entende mais do seu negócio do que você mesmo. Por ter que compreender o seu negócio, muitas vezes, não há tempo para buscar informações sobre automação comercial para a sua empresa. Por isso, encontrar uma opinião especializada pode ser uma ótima alternativa, mas não é a única. Visite seus concorrentes e outros estabelecimentos que já implementaram a automação em seus negócios. Preste atenção em todos os processos, como a automação facilitou o atendimento e onde você pode implementar algo parecido no seu negócio. Além disso, investir em livros, cursos e eventos sobre o tema são excelentes formas de aumentar o conhecimento na área. A ideia é unir todos esses conhecimentos para criar a melhor estratégia possível de automação.

5. Escolha o fornecedor certo

Depois de seguir os passos anteriores, chega o momento de escolher os fornecedores, consultores e revendedores especializados em automação comercial. É preciso que os equipamentos e softwares estejam integrados e os fornecedores ofereçam soluções completas.

Nesse caso, é importante perceber que o preço mais baixo dos serviços e equipamentos não é a melhor ideia para a automação da sua empresa. É preciso buscar referências, falar com pessoas que já utilizaram o serviço, analisar a qualidade do suporte técnico, entre outros itens. Lembre-se, encontrar a melhor forma para automatizar a sua empresa é um grande esforço empregado. Porém, ter que substituir um serviço depois de implementado gera uma dor de cabeça muito maior. Por isso, é preciso implementar com cuidado e dedicação para que só seja preciso fazer isto uma vez.

aperto-de-mao

6. Elabore um cronograma

Depois do fornecedor de confiança definido, é preciso elaborar um cronograma físico e financeiro do processo de automação comercial. Isto auxilia a criar alternativas do processo de implementação. Por exemplo, grande parte dos sistemas é dividido em módulos e é possível adquirí-los em etapas. Assim, é possível avaliar vantagens, desvantagens e condições de aquisição dos produtos.

7. O software em primeiro lugar

É importante ver que existe uma ordem bem definida antes de comprar produtos de automação comercial. O correto é sempre escolher o software antes de escolher os equipamentos. E você pode estar se perguntando o porquê disso. É bem simples de entender, os equipamentos precisam ser homologados com o software. Caso o equipamento não seja compatível com o software, será necessário trocá-lo por algum homologado.

Por isso, busque o software adequado, que pode ser desenvolvido especialmente para as necessidades da sua empresa (uma alternativa mais cara, porém definitiva) ou um software adaptável para as suas necessidades. Seja qual for a sua opção, é importante lembrar que o software deve considerar o crescimento do negócio a curto e longo prazo.

8. Avalie os equipamentos

Depois do software definido, é preciso procurar os melhores modelos homologados com o sistema da sua empresa e ver quais melhor atendem às necessidades do seu negócio. Lembre-se, um equipamento com uma tecnologia superior pode ser mais caro, porém, vai durar por mais tempo e talvez não será necessário trocá-lo por um bom tempo. Um equipamento mais simples pode oferecer exatamente o que você precisa para o momento. É preciso analisar o custo-benefício, a assistência técnica oferecida pelo fabricante e também a garantia.

Aqui no blog nós temos vários artigos que ajudam a escolher uma série de produtos de automação comercial. Vale uma conferida neles também.

9. Considere o futuro

O seu objetivo é que o negócio cresça e prospere, não é mesmo? Então lembre-se que os equipamentos de automação comercial devem acompanhar este crescimento, assim como o software. Uma empresa que cresce precisa de um controle financeiro mais eficiente, melhor gerenciamento de fornecedores e de estoque. Os seus dispositivos de automação devem acompanhar todas essas mudanças e auxiliar em todos os processos por muito tempo.

10. Não tenha medo.

Uma pesquisa da FGV indica que cada 1% investido em automação resulta em um lucro 7% maior. Assim, ainda que pareça um investimento um tanto quanto alto, ele irá compensar na maior produtividade, nos processos mais rápidos, na menor necessidade de pessoas trabalhando na loja e nos clientes satisfeitos com as melhorias. Por isso, prepare sua empresa para a automação comercial, você não terá motivos para se arrepender.

Dúvidas?

Caso tenha dúvidas, críticas ou sugestões com relação ao conteúdo, por favor, utilize a seção de comentários aqui embaixo. Caso tenha dúvidas em relação a equipamentos de automação comercial, quaisquer que sejam, por favor, entre em contato com a nossa equipe de atendimento. Será um prazer ajudar.


Avaliações e Comentários

Adicionar Avaliação e Comentário

* Visualizando preços para EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL - SÃO PAULO. Alterar

Meu Carrinho
0
Aguarde...
Loading