Menu
* PREÇO DOS PRODUTOS:

Você está visualizando preços para: EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL Estado: SÃO PAULO - CLIQUE PARA ALTERAR

Dicas para automação de empresas – Parte I

Titulo

A implantação de uma estrutura de automação comercial está relacionada a vários itens e diretrizes que devem ser seguidos à risca.

Criamos uma lista de cinco passos indispensáveis no momento de planejar o processo de automação de empresas. As informações abaixo são um resumo preparado pela equipe técnica da Bz Tech Automação Comercial e existem vários pontos a serem analisados antes da implantação.

O ideal é buscar um profissional especializado a fim de minimizar erros, visto que o investimento em produtos de automação, softwares de controle e tudo que envolve a implantação podem ser de alto custo.

Planejamento

1. Estabeleça um responsável

De início, eleja um responsável pela elaboração do plano: um sócio, um gerente, o responsável pela área de informática ou um consultor externo. Além de dominar todas as características do negócio, a pessoa deve entender ou estar disposta a aprender sobre informática e automação. A pessoa também vai precisar dispor de tempo para se dedicar ao projeto do começo ao fim. Vale lembrar que o sucesso do processo de automação comercial depende do comprometimento de todos, principalmente dos proprietários e gerentes.

2. Registre tudo

Durante o planejamento, faça um relatório (ou inventário) minucioso sobre todas as fases do trabalho da sua empresa: as atividades do setor administrativo e financeiro, da retaguarda à frente de loja. Vá enumerando os principais problemas, como morosidade no atendimento ao cliente, necessidade de implantar o ECF, estoque, entre outros. Essa redação é uma oportunidade para você pensar em relação às dúvidas, o seu negócio e o que se espera do investimento em automação comercial.

3. Identifique suas necessidades

O relatório do item 2 será útil neste momento. Ao listar os principais problemas do seu negócio, automaticamente vai identificar as suas necessidades. Com isso, ficará mais fácil saber o que se espera ao investir em automação comercial. Após concluir o levantamento, é necessário estabelecer prioridades de ação. Uma forma é começar pelas atividades que podem ser automatizadas de modo simples e rápido ou saber quais são realizadas de forma precária, trazendo resultados positivos mais rápidos. Identificando suas necessidades, estabeleça metas, prioridades e concentre-se nelas.

4. Procure ajuda

Como empreendedor, você sabe como manter o mix de produtos e como aumentar o giro, certo? Sua obrigação é entender do seu negócio. Se você até hoje fugiu do assunto automação por não conhecer do assunto, uma opinião especializada pode servir de apoio. Outra dica: visite outros estabelecimentos já automatizados, observando detalhes sobre o processo de implantação, suas dificuldades e benefícios. Aposte em livros e eventos também.

5. Escolha o fornecedor certo

Após o relatório (item 2), prioridades levantadas (item 3) e entender do assunto (item 4), é o momento de escolher os fornecedores – consultores ou revendedores especializados em automação comercial, oferecendo soluções completas (software e equipamentos).

Não se baseie apenas em preço dos serviços, programas ou equipamentos. Procure referências, converse com clientes que já usaram o serviço, entendendo sua experiência, qualidade do suporte técnico e treinamentos oferecidos. A automação de empresas é um processo que exige esforço para ser implantado e o dobro do interesse para ser substituído.

Embalado no assunto? No próximo post continuaremos as dicas com o que fazer para automatizar a sua empresa!

Acesse: Dicas para automação de empresas – Parte II



Avaliações e Comentários

Adicionar Avaliação e Comentário

* Visualizando preços para EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL - SÃO PAULO. Alterar

Meu Carrinho
0
Aguarde...
Loading