Menu
* PREÇO DOS PRODUTOS:

Você está visualizando preços para: EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL Estado: SÃO PAULO - CLIQUE PARA ALTERAR

Como o Big Data auxilia na prospecção comercial

Como o Big Data auxilia na prospecção comercial

Volume de informações disponíveis na internet permite coletar e avaliar dados para refinar a busca por novos clientes

Como identificar potenciais clientes para o seu negócio? As estratégias de marketing e as vendas aparecem entre as cinco maiores barreiras para os empreendedores, de acordo com um estudo desenvolvido pela Endeavor. Essa questão interfere em todas as outras mencionadas pela pesquisa, especialmente a gestão financeira.

A maior parte dos empreendedores tem em mente qual é o seu público-alvo específico, baseado em seu conhecimento do negócio. É fácil extrair de um empresário essa definição, apenas respondendo a algumas dessas questões:

  • Pessoa Física ou Jurídica?
  • Qual o faturamento médio?
  • Qual a capacidade de investimento dos clientes?
  • Quais os principais segmentos de atuação?

Qual seria, então, a dificuldade de aumentar as vendas ou de atingir esse público? A barreira está em encontrar essas pessoas ou empresas. É justamente nesse sentido que o Big Data e a prospecção qualificada de clientes pode ser usada.

Com a infinidade de informações disponíveis na internet, seja da Receita Federal, da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), entre outras, é possível coletar esses dados online e incluir filtros para as empresas prospectarem futuros clientes com o perfil desejado. Cada vez mais, existem mais serviços desse tipo disponíveis no Brasil, visando a comercialização desses contatos.

Mais do que isso: esses dados podem ser usados para a realização de estudos específicos para as empresas, como o tamanho do público-alvo de uma praça, o perfil de renda da cidade, em quais bairros há uma tendência de o produto ser aceito devido à renda, entre outros.

O Big Data

O Big Data nem sequer aparece entre as 8 tecnologias para se ficar de olho até 2020 porque ele já é uma realidade em muitos setores, conforme o blog mostrou recentemente neste artigo. O varejo e até mesmo os governos estão usando essa ferramenta no cotidiano – o bom funcionamento da Internet das Coisas depende dessa tecnologia.

Uma das definições do Big Data informa que se trata de “um imenso volume de dados que impactam os negócios no dia a dia”. A grande questão a respeito dessas informações não está na quantidade gerada, mas, sim, no tratamento dado a ela. Esse volume de dados pode ser determinante para indicar uma estratégia para a empresa e gerar uma série de ideias para melhorar os produtos e a relação com os consumidores.

Movidas por dados

Se muitas empresas passaram a adotar o uso desses dados para incrementar os seus processos internos – com equipamentos como coletores de dados e leitores --, ainda não perceberam as possibilidades existentes para sua estratégia de negócios. A possibilidade de vasculhar as informações disponíveis na internet para melhorar a sua prospecção é uma estratégia que ainda não foi adotada – e é até mesmo desconhecida -- por muitos.

Essas possibilidades passam a se tornar realidade a partir do momento em que a tecnologia entra, de fato, no dia a dia das empresas, auxiliando a encontrar soluções e possibilidades de melhoria de processos, o que pode reverter em melhorias para os negócios.


Avaliações e Comentários

Adicionar Avaliação e Comentário

* Visualizando preços para EMPRESA COM INSCRIÇÃO ESTADUAL - SÃO PAULO. Alterar

Meu Carrinho
0
Aguarde...
Loading